Revista Montajes » Blog Archive » Vídeo-ensaísmo em Sem Sol

plecarevistam

julio 10th, 2012Artículosadmin 0 Comments
Vídeo-ensaísmo em Sem Sol

O (DES) Arranjo das lembranças: notas sobre o vídeo-ensaísmo em Sem Sol

Edson Pereira da Costa Júnior

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som (PPGIS), da Universidade Federal de São Carlos. Estuda a relação entre audiovisual e memória através da análise do filme Sem Sol (Sans Soleil, Chris Marker, 1982). A pesquisa tem apoio da fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

Leer artículo

Resumo
O ensaio como enunciado audiovisual permite ao cinema jogar com os elementos que configuram sua linguagem, experimentando e reinventando suas formas de expressão. Analisamos, no trabalho, a inclinação ensaística de Chris Marker a partir de seu filme Sem Sol (Sans Soleil, 1982). Apontamos as contribuições do ensaio no que tange ao trabalho com a linguagem e ao pensar sobre a memória-tema que atravessa a película.

Palavras-chave
Vídeo, ensaio, linguagem audiovisual, memória, Chris Marker

Abstract
The essay as an audiovisual statement allows cinema to play with the elements that configure its language, experimenting and reinventing the way it expresses itself. We analise, in this work, Chris Marker’s essayistic tendencies in his film Sans Soleil (1982). We have pointed out the contributions of the essay in the work with language and the reflections on memory-theme that is present throughout the movie.

Keywords
Video, essay, audiovisual language, memory, Chris Marker